Caminhonete Traçada, Turbinada e Interculada 35.000,00

Carros, motos e barcos, Carros - Brasil, Rio Grande do Norte, Parnamirim. Data Novembro 19

Carros - Parnamirim

sábado, 3 de novembro de 2007

quarta-feira, 15 de agosto de 2007

Algumas de nossas Igrejas no Brasil

  • Igraja de Cristo em Apodí / RN - Praça da Redenção
  • Igreja de Cristo em Cidade da Espença- Natal/RN
  • Igrela de Cristo em José da Penha/RN
  • Igreja de Cristo em Luiz Gomes/RN
  • Igreja de Cristo em Henrrique Jorge - Fortaleza/CE
  • Igreja de Cristo em Campina Grande/PB

  • Igreja de Cristo em Forquilha/CE

  • Cong. da Igreja de Cristo em São José do Mipibu /RN
  • Cong. da Igreja de Cristo em Bela Vista II - Parnamirim / RN
  • Cong. da Igreja de Cristo em Brejinho / RN
  • Igreja de Cristo em Boa Esperança - Parnamirim /RN
  • Igreja de Cristo em Itaú / RN
  • Igreja De Cristo em Poço Branco/RN
  • Igreja de Cristo em Mossoró/RN
  • IC em Patú/RN
  • IC em Rafael Godeiro/RN
  • IC em Lucrecia/RN
  • IC em Almino Afonço/RN
  • IC de Cristo em Umarizal/RN
  • IC em Apodí/RN - Pr. Maildson
  • IC em Umarizal/RN
  • IC em Caraúbas/RN

terça-feira, 7 de agosto de 2007

A Igreja de Cristo no Brasil é uma Igreja que nasceu no seme árido Nordestino na Cidade de Mossoró/RN mas já conquistou, para Cristo, milhares de brasileiros em quase todo o território Nacional.

PARTICULARIDADE SÓ NOSSA

A Igreja de Cristo é a primeira igreja evangélica de origem totalmente nordestina, com identificação profunda com a região, já que a aridez dessa região tem analogia com a região médio oriental do nosso Senhor Jesus Cristo. Como igreja, dentro da conceituação denominacional, somos conseqüência do trabalho abençoado, missionário e revelativo do IDE do Senhor Jesus, da Assembléia de Deus no Brasil. Desde a sua origem, a Igreja de Cristo, tem a proposta bíblica de pregar a justificação pela fé, a salvação eterna do crente genuíno sem o mérito próprio, o cultivo equilibrado dos dons extraordinários e o governo congregacional teocrático. O Conselho de Líderes de cada igreja local é formada por pastores, presbíteros, diáconos e evangelistas e missionários. As lideranças de cada cidade formam um ministério, os ministérios por região formam um Conselho Regional, formando no conjunto um Conselho Nacional. Então, nacionalmente, a Igreja de Cristo tem a sua representação organizacional máxima pelo Conselho Nacional, que se reúne anualmente em Assembléia Nacional no mês de julho, sequenciando cada Estado do país onde a Igreja está presente. Sendo eleita uma Diretoria do Conselho Nacional para um período de dois anos. Até julho de 2001 a Igreja de Cristo estava presente, nos seguintes estados brasileiros: Pará, Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Bahia, Rio de Janeiro e São Paulo. O número de membros e congregados é de 17.000 distribuídos em 250 igrejas e congregações. LOCALIDADES ONDE SE INCIOU ALGUNAS DE NOSSAS IGREJAS
  • Mossoró-RN Na casa de Oliveira Leite 1932
  • Moreno (Apanha-Peixe)-RN Na casa de Anicete de Sales 1932
  • Itaú-RN Na casa de Manoel Alexandre 1932
  • Fazenda Monte Hermom-RN Na casa de Juvenço Barreto 1932
  • Martins-RN Na casa de Júlio Barreto 1932
  • Melancia-RN Na casa de Aristides Cabral 1932
  • Natal-RN Na casa da mãe de Pedro Costa 1933
  • Pau dos Ferros-RN Na casa de Braulino Cabral 1933
  • Santana (Pacó)-RN Na casa de Aristides Barbosa 1935
  • Apanha-Peixe-RN Na casa de Raimundo Batista 1938
  • Apodi-RN Na casa de Salomé (?); Na casa de Câncido A. Barreto 1940
  • Parnamirim-RN Na casa de Luiz Pereira Lucena 1940
  • Fortaleza-CE Na casa de Leontino E. de Queiroz 1946
  • Vila S. Antolio-Fortaleza-CE Na casa de Alberto Paulino Lima 1958
  • Nova Descoberta-Natal-RN Na casa de Raimundo Severiano 1959
  • Olavo Bilac - Fortaleza-CE Na casa de Raimundo Paulino 1963
  • Recife-PE Na casa de Felinto Praxedes e Maria Praxedes 1966
  • Jardim Guanabara-Fort.-CE Na casa de Manoel Raimundo Sousa 1970
  • Teresina - PI Na casa do Pr. Antonio Olímpio Dantas 1973
  • Vicente de Carvalho Guarujá - SP Na casa de Sebastião de Sousa 1973
  • São Paulo - SP Na casa do Pr. Djalma Pereira 1974
  • Umarizal - RN Na casa do Pb. Epitácio Félix da Silva 1974
  • Tianguá-Viçosa-CE Na casa de Francisco Justino 1980
  • Mambucaba-CE Na casa do Pr. Josebias M. Queiroz 1981
  • Cidade da Esperança-Natal-RN Em 05 de julho, na Rua Lajes, 33; pelo Pr Antonio Gomes de Andrade 1988
  • Poço Branco-RN Na casa de Estelita Bezerra de Medeiros 1990
  • Baixio-Parnamirim-RN Na casa de Manoel Lourenço 1990

NOSSA EXPRESSÃO DE FÉ

  • 01-Doutrina da justificação pela fé, salvação eterna do crente , sem concurso do mérito próprio. A justificação do pecador é somente pela graça de Deus, na suficiência do sangue remidor de Jesus Cristo, com eterna segurança. Jo 10:27-29; Rm 8:1-2, v.31-39 e Ef 2:1-9.
  • 02-Governo Congregacional-Teocrático, o governo que emana de Deus, sendo Cristo a cabeça soberana da Sua Igreja que é o Seu Corpo, e de todo principado e potestade, porque é tudo em todos, para que tudo tenha a preeminência. Cl 1:16-20; Ef 2:20-22; Ef 4:11-16, 5:23-24; I Co 3:11, 12:12-31 e I Pe 2:6.
  • 03-A existência de um só Deus Trino, Pai, Filho e Espírito Santo, Um em essência e Triuno em Pessoa. Mt 28:19; Jo 14:8-11, v.16-17, 16:13-15 e I Jo 5:5-8.
  • 04-A suficiência inspiração divina, veracidade e integridade da Bíblia, tal como foi originalmente, com sua suprema autoridade em matéria de fé e conduta prática. Mt 24:35 e Hb 4:12.
  • 05-Pecaminosidade universal e a culpabilidade de todos homens, desde a queda de Adão, inicio da ira de Deus e a condenação de todos os homens. Gn 2:16-17, 3:1-24; Rm 3:9-23, 5:12-21, 6:23 e Hb 9:27.
  • 06-A redenção da culpa, pena, domínio e presença do pecado, somente por meio da morte expiatória do Senhor Jesus Cristo, no sangue do Unigênito Filho encarnado de Deus, nosso representante e substituto. Rm 3:24, 4:25, 5:6-10; I Co 1:30 e 15:50-57.
  • 07-A ressurreição corporal do Senhor Jesus Cristo e Sua gloriosa ascensão à direita de Deus Pai. Jo 20:1-29; At 1:9-11 e Rm 4:25.
  • 08-A missão soberana e pessoal do Espírito Santo, no arrependimento, na regeneração e na santificação dos genuínos cristãos. Jo 3:3-7, 16:7-11; II Co 5:17; Ef 1:13-14 e Tt 3:5.
  • 09-A intercessão de Jesus Cristo, como único mediador e Salvador entre Deus e os homens. Jo 14:6-13; I Tm 2:5 e At 4:11-12.
  • 10-Uma única Igreja de Cristo, invisível, santa e universal, que é o Corpo de Cristo, à qual pertencem todos os cristãos, que serão ressuscitados, transformados, trasladados e arrebatados, na vinda de Jesus, com IGREJA TRIUNFANTE, e que na terra se manifesta nas Igrejas locais, como IGREJAS MILITANTES. Mt 16:18; I Co 12:12-13; Ef 4:1-16; Cl 4:15; Rm 16:4-5,16; Ap 2:1,8,12,18 e 3:1,7,14.
  • 11-A soberania de Deus na criação, revelação, redenção, governos e nos grandes julgamentos: a) Dos crentes no Tribunal de Cristo, para receber os galardões, após o arrebatamento. I Co 3:11-15; II Co 5:10; Rm 14:10 e Ap 22:12. b) Das nações vivas na Sua vinda gloriosa. Mt 25:31-46 e Ap 1:7. c) Dos incrédulos e condenados no juízo final após o Milênio. Ap 20:11-15, 21:8; Mt 16:16b e Hb 9:27.
  • 12-A certeza da segunda vinda do Senhor Jesus Cristo em corpo glorificado, juntamente com os cristãos ressuscitados, após o arrebatamento de SUA IGREJA TRIUNFANTE, e a consumação do Seu reino milenar após a grande tribulação. Ap 20:1-6; Mt 24,25; Mc 13; Lc 21:5-36; I Ts 4:13-18 e 5:1-11.
  • 13-A ressurreição dos mortos, a vida eterna dos salvos e a condenação eterna dos injustos que não aceitaram Cristo Jesus como Salvador. Dn 12:2; Jo 5:28-29; At 17:31, 24:15; Hb 9:27-28 e Ap 20:11-15.
  • 14-Vigência no exercício dos Dons Ministeriais, do Dom e Dons do Espírito Santo, tal qual se encontram na Palavra de Deus. Mc 16:17-20; At 2:1-13, v.38-39, 10:44-47; Rm 12:3-8; I Co 13, 14 e Ef 4:11.

Líderes Organizadores e História

A IGREJA DECRISTO NO BRASIL teve início no Nordeste, na cidade de Mossoró (Rio Grande do Norte). Organizada em 13 de dezembro de 1932 por membros oriundos da Assembléia de Deus naquela mesma localidade, os quais voluntariamente entregaram suas credenciais de Ministros àquela Igreja irmã, por motivos doutrinários.
Líderes iniciais
Pastores: Manoel Higino de Souza - João Vicente de Queiroz - Gumercindo Medeiros - Eustáquio Lopes da Silva
Presbíteros: Cândido Barreto - Tomaz Benvindo Evangelistas: João Morais - Domingos Barreto - Francisco Alves
Todos os líderes organizadores encontram-se atualmente na glória do Senhor Jesus Cristo. O último pioneiro que permaneceu mais tempo entre nós, foi o Pr. João Vicente de Queiroz, que pastoreou a Igreja de Cristo em Fortaleza-CE., por longos anos, de 1946 a 1997, tendo passado a morar com o Senhor Jesus no dia 17 de agosto de 1997, com mais de 91 anos.
O Início Houve uma divergência doutrinária entre os dois Missionários da Assembléia de Deus no Nordeste, Samuel Nysrtron e Gunnar Vingren, com respeito a salvação de graça por meio da fé, sem o concurso dos méritos próprios, e a segurança eterna do crente genuíno. A divergência foi evidenciada em algumas publicações, a qual se tornou tema de convenções. Com essas publicações contraditórias acerca da doutrina da segurança e salvação eterna do crente genuíno, pela graça e pela fé em CRISTO JESUS, um grupo de irmãos elegeu o Pr. Manoel Higino de Souza, para fazer uma carta ao missionário Nils Kastberg, pedindo para marcar uma convenção aonde ele achasse melhor, a fim de que estudassem esses pontos doutrinários, para que nenhum crente nosso viesse a errar quanto a essa doutrina. Enviaram, então, uma carta solicitando a referida convenção, mas a resposta, que foi negativa, demorou a chegar. Então, combinaram com todos os irmãos que tinham o mesmo pensamento, para estudarem o assunto com profundidade na Bíblia, jejuarem e orarem em busca de uma resposta do Senhor Jesus, desde o dia 20 de maio de 1932 a 13 de dezembro de 1932. Neste momento chegou a resposta da carta negando a realização da convenção, contrariando a expectativa de todos, o missionário Nils Kastberg, disse “estar de acordo com os ensinos da salvação condicional, e quem estivesse aborrecido que saíssem para onde quisessem...” . Diante desse impasse, e por não ter outra alternativa, todos os líderes acima mencionados, devolveram voluntariamente suas credenciais de Obreiros, à liderança da Assembléia de Deus, respectivamente de Pastores, Presbíteros e Evangelistas. Assim sendo, no dia 13 de dezembro de 1932, tomaram a decisão histórica de definitivamente organizarem o trabalho da IGREJA DE CRISTO, em Mossoró-RN. Inicialmente a denominação surge com o nome de “Assembléia de Cristo” e em 1934 passou ao nome definitivo de Igreja de Cristo. Para não confundir a Igreja de Cristo que é o Seu corpo e Templo do Espírito Santo, com o prédio e a organização institucional, por revelação da Palavra de Deus, conforme Mc.11:17a; Is.56:7; At.17:24b, decidiram transcrever à frente dos prédios onde se reúnem, a expressão: CASA DE ORAÇÃO DA IGREJA DE CRISTO.
O Desenvolvimento
Podemos dividir a história da Igreja de Cristo nos seguintes momentos:
1932-1960 (O Primeiro Amor) Neste período a igreja vive uma grande motivação evangelizadora o que provocou um grande crescimento, abriram-se trabalhos em Apodi, Itáu, Caraúbas, entre outros. Década 1970 (O Grande Avivamento) Esse grande avivamento iniciou-se na Igreja de Cristo em Parque Araxá, Fortaleza - CE, na década de setenta. Revolucionou a Igreja no Ceará e com grandes repercursões no Rio Grande do Norte, resultando calorosas reuniões de oração, curas, milagres, revestimento de poder e dons espirituais, surgindo vários trabalhos e novos obreiros. O grande fruto deste período foi a criação do Seminário da Igreja de Cristo na cidade de Fortaleza, que contribuiu com a formação de diversos obreiros. Década de 1990 A Igreja tem vivido definições organizacionais internas, como projetos de apoio aos obreiros, projetos de missões e nova estrutura organizacional em nível nacional e regional. Uma Igreja de vanguarda
A Igreja de Cristo foi uma igreja de vanguarda. Vanguarda é aquilo que está na dianteira do exército. A igreja por toda a sua história foi considerada uma igreja à frente de outras em seus ensinos e prática: Enquanto surgiam pelo Brasil diversas denominações pentecostais que defendiam a perseverança como condição para a salvação, a Igreja de Cristo foi o único grupo pentencostal que apontava para a obra eterna de Deus pela salvação e segurança do crente em Jesus. Afirma que se Deus que se Deus é eterno e sua obra também é, logo a salvação não pode jamais ser perdida (cf. Jo 10:28). O “Batismo com o Espírito Santo” era a regra geral entre todos os pentecostais que o batismo se dava como uma segunda bênção para o crente que falasse em línguas. A Igreja de Cristo, no entanto, foi o primeiro e único na época a defender que o crente recebe o batismo do Espírito Santo no momento da conversão (cf. Gl 3:5; Lc 24:49). A Igreja de Cristo teve acesso as mais diversas denominações, desde as chamadas tradicionais até as pentecostais. A Igreja de Cristo sempre desenvolveu o espírito de unidade do corpo de Cristo, nos mais diversos segmentos do protestantismo. A Igreja de Cristo também se destaca pelo fato de se ter iniciado no Nordeste brasileiro. Foi o primeiro grupo cristão que começou no Nordeste e se espalhou pelo Brasil.
Hino Oficial da Igreja de Cristo
I - A Igreja de Cristo, no mundo, É farol que alumia as nações, Revelando amor profundo, Que salva os homens das vis ilusões; Batalhão é armado e bem forte, Sustentando a batalha do bem, Suplantando o mal e a morte, E aguardando o Senhor que vem.
Coro Cantai bem alto, ó Igreja de Cristo, Cantai bem alto, ó filhos da Luz; Pois a vitória já temos previsto, Eis que vem breve o Rei nosso Jesus.
II - Eia! avante, soldados de Cristo Do Espírito a espada empunhai, Já cingidos e contritos, Do Evangelho a bandeira hasteai, Não podeis pertencer a reserva, Pois enquanto o Senhor não volver, O inimigo se conserva Sempre disposto a combater.
III - Se tu amas a Cristo ó Igreja, Se a fé mora em teu coração, Já marchai na sã peleja, Sob o comando do Bom Capitão; Não importa a questão de partido, Se lutarmos à sombra da Cruz, Tendo as armas prevenidas, Sê bom soldado, eis aí teu jus!
IV - E assim a Igreja querida, Terminada a batalha, irá Desfrutar na eterna vida, O galardão que o Senhor te dará. Então, crente ouvirás o bem vindo, Pois lutaste com fé, zelo e ardor; E Jesus te dirá sorrindo, "Entra no gozo do teu Senhor!"...

IGREJA DE CRISTO NO BRASIL ONTEM E HOJE